O seu e-mail foi enviado

sair

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Cancelar

Oração

por Ãngela Vieira

Conheço pessoas que conhecem bem o poder da oração nas suas vidas. Sempre acreditaram nesta comunicação com Deus, ou com uma Força Divina, que é muito maior e poderosa que nós.

Lembro-me de rezar desde miúda, e de me terem ensinado a rezar como se estivesse a conversar com Deus. Não apenas rezar o Pai Nosso, ou Avé Marias, mas muito mais do que isso, conversar de forma aberta e sincera com Deus.

E lembro-me de o fazer. A verdade é que não me lembro de ter respostas (auditivas), mas lembro-me da sensação de comunhão com uma Energia Divina Poderosa, uma sensação de paz e tranquilidade que inundava aqueles momentos.

É uma sensação que continua a durar até hoje, e que parece tornar-se mais forte, transparente e segura.

As respostas de Deus afinal estão em nós. Descobri que não existe um velho de barbinhas brancas, que julga as pessoas, e que castiga os que são maus e abençoa os que são bons.

Descobri que as orações são realmente poderosas quando entramos dentro de nós, e simplesmente acreditamos que tudo aquilo que pedimos, é respondido.

Talvez não conheçamos a melhor forma de receber, talvez os caminhos que Deus nos oferece sejam bem diferentes daqueles que imaginamos, talvez ele nos apresente mudanças, talvez... talvez...

Aprendi que é preciso ser flexível. Não porque Deus pede, exige, julga ou castiga.

Mas apenas porque acreditámos, durante muito tempo, num velhinho que castigava, que estava acima de todos nós, e que nos ia julgar por todos os nossos erros.

Somos crianças numa aprendizagem, numa descoberta interior, e precisamos ser flexíveis connosco. A tolerância com a nossa evolução, com aquilo que estamos dispostos a libertar para abraçar um novo Deus. Um Deus Interior, que habita em todos nós, em tudo o que vemos, em tudo o que EXISTE.

Podemos orar para pedir tudo. Podemos orar para agradecer por tudo.

E também podemos orar apenas para sentir a Sua Presença em nós. E nessa oração, tudo nos é dado, pois aí sabemos que somos parte de uma Criação Maravilhosa, que somos profundamente amados, e que apenas estamos num processo de descoberta... daquilo que já sabemos, mas nos esquecemos.

Veja na próxima página a continuação do artigo..

Comentários

publicidade
publicidade
Cálculo do signo ascendente

Outros Sites

Site

SAPO Mulher

Sabota a sua vida?

Como o “diabinho” dentro da sua cabeça pode afetar o seu bem-estar
Site

SAPO Saúde

Aliados da pele

Dermatologista ensina a escolher o protetor solar ideal para si
Site

SAPO Crescer

Não deixe que a depressão lhe estrague as férias

Saiba o que deve fazer para se proteger
Site

SAPO Vídeos

Cerca de 180 segundos com Gustavo Santos

Dicas todas as semanas para viver um dia-a-dia mais feliz
Site

SAPO Zen

Quanto tempo tem o tempo?

Alexandra Lemos explica o fascínio do tempo