O seu e-mail foi enviado

sair

Ocorreram erros, verifique os campos a vermelho

Faltam 500 caracteres

Cancelar

Oração

por Ãngela Vieira

Conheço pessoas que conhecem bem o poder da oração nas suas vidas. Sempre acreditaram nesta comunicação com Deus, ou com uma Força Divina, que é muito maior e poderosa que nós.

Lembro-me de rezar desde miúda, e de me terem ensinado a rezar como se estivesse a conversar com Deus. Não apenas rezar o Pai Nosso, ou Avé Marias, mas muito mais do que isso, conversar de forma aberta e sincera com Deus.

E lembro-me de o fazer. A verdade é que não me lembro de ter respostas (auditivas), mas lembro-me da sensação de comunhão com uma Energia Divina Poderosa, uma sensação de paz e tranquilidade que inundava aqueles momentos.

É uma sensação que continua a durar até hoje, e que parece tornar-se mais forte, transparente e segura.

As respostas de Deus afinal estão em nós. Descobri que não existe um velho de barbinhas brancas, que julga as pessoas, e que castiga os que são maus e abençoa os que são bons.

Descobri que as orações são realmente poderosas quando entramos dentro de nós, e simplesmente acreditamos que tudo aquilo que pedimos, é respondido.

Talvez não conheçamos a melhor forma de receber, talvez os caminhos que Deus nos oferece sejam bem diferentes daqueles que imaginamos, talvez ele nos apresente mudanças, talvez... talvez...

Aprendi que é preciso ser flexível. Não porque Deus pede, exige, julga ou castiga.

Mas apenas porque acreditámos, durante muito tempo, num velhinho que castigava, que estava acima de todos nós, e que nos ia julgar por todos os nossos erros.

Somos crianças numa aprendizagem, numa descoberta interior, e precisamos ser flexíveis connosco. A tolerância com a nossa evolução, com aquilo que estamos dispostos a libertar para abraçar um novo Deus. Um Deus Interior, que habita em todos nós, em tudo o que vemos, em tudo o que EXISTE.

Podemos orar para pedir tudo. Podemos orar para agradecer por tudo.

E também podemos orar apenas para sentir a Sua Presença em nós. E nessa oração, tudo nos é dado, pois aí sabemos que somos parte de uma Criação Maravilhosa, que somos profundamente amados, e que apenas estamos num processo de descoberta... daquilo que já sabemos, mas nos esquecemos.

Veja na próxima página a continuação do artigo..

Comentários

publicidade
publicidade
Cálculo do signo ascendente

Outros Sites

Site

SAPO Mulher

Como ser feliz

Sete hábitos das pessoas verdadeiramente felizes.
Site

SAPO Saúde

Aliados da pele

Dermatologista ensina a escolher o protetor solar ideal para si
Site

SAPO Crescer

Não deixe que a depressão lhe estrague as férias

Saiba o que deve fazer para se proteger
Site

SAPO Vídeos

Cerca de 180 segundos com Gustavo Santos

Dicas todas as semanas para viver um dia-a-dia mais feliz
Site

SAPO Zen

Quanto tempo tem o tempo?

Alexandra Lemos explica o fascínio do tempo